fbpx

Dicas de Economia de Energia

Dicas de economia de energia

Hoje, mais do que nunca, pensar na economia de energia é vital para manter nossa saúde financeira. As contas estão ficando cada dia mais caras e a crise hídrica ajudou a agravar esse cenário.

Você sabia que pequenas ações dentro de casa podem poupar uma boa quantia no fim do mês? Em alguns casos, aproveitar a luz natural pode diminuir bastante o consumo de energia elétrica, por exemplo.

Neste conteúdo vamos apresentar 10 dicas de economia de energia que você não pode deixar de praticar. Não perca!

Dicas de economia de energia

1. Economize energia com lâmpadas de LED

As lâmpadas LED são as melhores amigas de quem quer economizar energia. Afinal, a tecnologia empregada nesse item é de última geração, permitindo mais resultados com menos consumo.

No caso, as lâmpadas que usam filamento sofrem com um problema enorme: o aquecimento do filamento. Ou seja, elas seguem o mesmo princípio dos chuveiros e ferros de passar, por isso gastam mais — e acabam por ser mais fracas.

2. Aproveite a luz solar em casa

O sol ilumina a Terra todos os dias, e sua luz, na maior parte do Brasil, é forte e proveitosa. Se você quer economizar na conta de luz, aproveite os raios solares para isso.

Ter mais janelas em casa, além de facilitar a circulação de ar, também permite a entrada da luz solar na residência. Ou seja, se bem aproveitada, essa luz consegue reduzir (ou até acabar) com a necessidade de eletricidade para iluminação durante o dia.

3. Não deixe aparelhos em standby

Quando paramos de usar aparelhos eletrônicos, alguns deles podem, ao invés de desligar, entrar em standby. Esse recurso serve para facilitar na hora de religar o aparelho, que pode até recuperar algumas informações para você.

Porém, como você deve imaginar, esse recurso também necessita de energia para funcionar. Estima-se que aparelhos em standby consomem em torno de 12%, quando comparados aos momentos de atividade padrão.

4. Tome muito cuidado com o chuveiro elétrico

Se você quer ativar a economia de energia em casa, com certeza precisa tomar extremo cuidado com o chuveiro elétrico. Ao todo, apenas esse item pode representar cerca de 40% da conta de energia no fim do mês.

O motivo disso é simples: a energia elétrica é usada para esquentar uma resistência, a qual aquece a água do chuveiro. Todavia, gasta-se muita energia nesse processo.

5. Instale um sistema de aquecimento solar de água

Agora que você sabe o porquê de o chuveiro elétrico ser um grande vilão da conta de luz, deve estar preocupado em reduzir seus custos — sem deixar o conforto de lado. A melhor solução para isso é usar um sistema de aquecimento solar de água.

Esse sistema usa a luz solar para aquecer a água e também a preserva quentinha por muito tempo. Portanto, não há necessidade de energia elétrica para aquecer a água, ao passo que seu lar terá sempre água quente nos chuveiros.

6. Não deixe fogão e geladeira próximos

Deixar o fogão e a geladeira próximos um do outro é pedir por uma conta de luz mais pesada. Afinal, o fogão pode acabar por aquecer a geladeira, sendo preciso mais eletricidade para resfriá-la novamente.

Pesquisas apontam que a emissão de calor pelo fogão aumenta em até 20% o consumo de energia da geladeira quando estes estão muito próximos.

7. Economia de energia com dimmers

Os dimmers são ótimos para a economia de energia. Em suma, eles regulam a intensidade das lâmpadas de sua casa, estimulando a economia.

Note que nem sempre a máxima intensidade luminosa é necessária — então por que não economizar nesses momentos, não é verdade?

8. Troque a vedação da geladeira regularmente

A geladeira funciona com base em um algoritmo simples: se a temperatura interna não estiver abaixo de um referencial, ela usa energia elétrica para diminuí-la.

Então, sem uma vedação adequada, a temperatura na geladeira tende a aumentar (ficando próxima da externa), requisitando mais energia para diminuí-la. Isso pode acarretar um consumo impressionante de energia no final do mês.

9. Mantenha os ares-condicionados limpos

Um fato que poucas pessoas conhecem é a importância dos filtros nos ares-condicionados. Quanto mais sujos estiverem, maior o consumo de energia desse aparelho — que já gasta bastante, convenhamos.

E isso não é puro achismo: os dados vêm direto da Procel, órgão responsável pelos selos de consumo de energia em território nacional. A conclusão é que a obstrução das saídas de ar causa um sobreaquecimento no aparelho.

10. Tome cuidado ao usar o ferro de passar roupas

Por fim, temos outro grande vilão da conta de energia: o ferro de passar roupas.

Esse aparelho é bastante parecido com o chuveiro e as lâmpadas de filamento: a corrente elétrica é utilizada para aquecer uma resistência, que desempenha um papel fundamental.

No caso, a temperatura do ferro é realmente alta, consumindo muita energia elétrica. Uma dica interessante, portanto, é passar muitas roupas por vez, sempre o mais rapidamente possível.

Após aplicar essas dicas de economia, com certeza você vai sentir uma redução na conta de luz!